[Ela é louca!] - Capítulo 2

E mais um capítulo fresco!
*Recapitulando*
     - Estás a olhar para onde puto?
     Olhei para os lados, tentando fazer que aquilo não fosse comigo, mas era uma coisa ímpossível porque naquele momento já estavam todos a olhar para nós. Fui a olhar outra vez para ela ... e eu vi ... aquela menina ...

     Eu não disse nada e ela simplesmente me fez um sorriso maravilhoso e inocente. Tentei sorrir, mas a minha cara parecia gelo que não saía do lugar e a única coisa que ela via era a cara de um deficiente com a boca aberta para entrar mosca!
     - Estás a olhar para quê? - gritou a minha tia. Será que era mesmo ela?
     - Sou eu tia, o Jason ... o seu sobrinho ... - aquilo era vergonhoso, eu ali, a "ajoelhar-me" perante uma mulher, enquanto que aquela menina lá ao fundo me contemplava. Os meus olhos cruzaram-se com os dela, mas ela não desviou e sim eu, senti as minhas faces a ficarem coradas.
     De repente aquela mulher estranha com as vestes estranhas agarrou-se a mim, apanhando-me desprevenido. Ali! A abraçar-me no meio daquela gente toda! Mais vergonha era impossível! As pessoas falavam baixo e os rapazes e raparigas da minha idade riam-se daquela "mãe e filho". Se estivesse ali um buraco eu enfiava a minha cabeça ...

   
     Cheguei a casa dela, naquela carripana dos anos 80, se não fosse de 30 anos ainda mais atrás! Todo o caminho tentei esconder a minha cara por baixo dos meus óculos, mas não me tapava os ouvidos, tinha ouvido tudo e todos, especialmente os comentários ... mas no meio disto tudo tinha ficado feliz, por aquela menina ter sido a única da minha idade a lançar-me um sorriso e não dizer nada.
     Ela me mostrou a casa. Era uma mansão: tinha criados, empregadas, choferes, jardineiros, seguranças ... resumindo: a tia parecia uma mulher cheia de dinheiro, só não entendia: se tinha dinheiro porque usava aquelas roupas esquisitas?
     - Aqui será o teu quarto. - falou ela, abrindo uma porta que conduzia para um quarto gigantesco e tinha de tudo ... excepto tecnologia!
     - Onde está um pc?
     - Agr! - fez uma cara azeda e depois fingiu que ia vomitar ... - odeio essas coisas! Parece que ... que nojo! Prefiro morrer com uma caneta na mão do que uma coisa dessas ...
     - A tia não sabe o que é um pc?
     - Vira essa boca para lá! - gritou ela, indo-se embora.
     Suspirei fundo. Fechei a porta do quarto e vi as opções do que tinha para fazer: nada, nada e .. nada! Aquela mulher era doida! Eu sou do tipo de rapaz que não consegue viver sem tecnologia, quero dizer, ninguém consegue! Um telemovel, não. Um computador, mais ou menos. Agora uma playstation é que não! Eu morria se não tivesse a minha rotina matinal ... tchi! como sou exagerado! Bem, tinha de arranjar outra coisa ou tinha de arranjar alguém ... um amigo ...
     Novidade Jason: Tu não tens amigos!
     Eu já tinha dito que não era rapaz de fazer amizades com muita facilidade, nem tinha muitos amigos e duvido que este ano tivesse! Rapaz nerd, ninguém quer ser amigo de tal. Essa é uma verdade que aprendi ao  longo dos meus ricos 17 anos de vida.
     A porta abriu-se de repente e entrou uma moça com o cabelo castanho comprido - foi a única coisa que tive tempo de ver, antes que ela fecha-se a porta e apagasse as luzes.
     - Mas? - tentei pronunciar, antes de ser derrubado por ela. Sentia a saltar para cima de mim. Que maluca era aquela?! Seria a filha da tia? - Ei!
     - Estou aqui ao teu dispor ... - falou lentamente ao meu ouvido.
     Eu corei instantaneamente. Mas que raio de mulher era aquela?! Tentei empurra-la, mas ela se chegou mais a mim e tentou-me desapertar o cinto das calças, eu agarrei no braço dela e o coloquei para cima, tal como o outro.
     - O que me vias fazer? - disse num ar atrevida.
     Empurrei-a de cima de mim e saí porta fora, fechando-a com mais forças possível e caminhando em passos fixos e pesados até à tia. Eu queria uma explicação acerca daquela mulher!
     - Onde vias?
     Virei-me e ela lá estava, numa posição relaxada, encostada à parede a poucos centímetros da minha porta do meu quarto.
     - Não aproveitas-te? - fumava um cachimbo. Eu bem sabia que a mulher era doida! Como podia ser irmã da minha mãe? Ainda por cima, irmã mais velha, logo esta que devia ter um pouco mais de consciência ...
     Aproveitar? Comprovado: a mulher era louca!

     Rosie P.D.V.
     Ahh, como a festa estava aborrecida. Só me apetecia ir para casa! Qual foi a ideia da tia me deixar sozinha? Com ela era sempre mais divertido. Mas não, seu menino tinha chegado e eu ficara para um canto, ali, triste a abandonada, como a vida é injusta! Eu PRECISAVA daquela mulher para me divertir.
     Levantei-me e caminhei até ao bar, de cabeça para baixo, com as seis cervejas que tinha bebido já não estava a sentir-me muito bem ... Cheguei ao bar e encontrei o mesmo gajo do costume, por isso virei logo para trás, mas ele chamou-me:
     - Ei! Não queres nada? Eu pago!
     Se saibam uma coisa sobre mim ... é que eu não recuso uma bebida!

Minna, eu não sei se o capítulo foi fraco, pobre, bom..
Por favor digam :) Kissu

6 Comentou m(._.)marigatou :

  1. Como ela pode viver sem tectonologia, me diga isso?
    Isso é impossível, acho q eu morreria de tédio sem meu pc ou cell.
    Nossa o cap. foi quente ashuahsua
    Se algo pula-se em cima de mim assim faria a msm coisa e ainda socaria ahuahuahua.
    Adorei o cap. Quero mais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Honto que gostou ? >.<
      A mulher é mesmo meio doida :s
      Ainda bem que gostou :3
      kissu

      Excluir
  2. Sugoi, adorei o capítulo, mas eu não viveria sem meu PC x.x!!! suahushasuahsua eu ri daquela mulher, eu era capaz de judiar tanto de alguém que fizesse isso comigo +.+. Ficou ótimo *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Domoooo arigato >.<
      honto ni? ainda bem que gostou ^.^

      Excluir
  3. o/ Ivy-chan chegando para comentar!

    Gostei muito do capítulo.
    Sem Pc! NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAOOOOOOOO!
    Pobre do Jason, sem pc numa casa de doidas, imagino o que ainda vai acontecer com ele daqui pra frente...

    Continue assim Kyoko-chan que tá muito bom! O problema agora é que eu quero ler mais!

    Eu quero ler! Eu quero mais! Eu quero agora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Domo arigato por comentar :3

      ashuhau, acho que ninguém vive sem tecnologia ^^" hasusahu ainda vai acontecer muita coisa :3

      asuhsausa irei postar assim que poder :3 a escola só atrapalha ò.ó
      kissu

      Excluir

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos