Samurais

Oi!!!

Tava sumida não é? ... Mas isso por que fui fazer uma viajem em família em um lugar onde a coisa mais difícil é ter internet, ou seja, estava muito ocupada curtindo minha família!!
Mas indo ao assunto do post, trouxe algo que sempre me cativou, pela rigidez, pela postura, pela história (que simplesmente é magnifica) vim falar sobre os lendários e cativantes SAMURAIS!
As principais características de um samurai eram a lealdade, disciplina, inteligencia e a habilidade.
Existem desde do seculo VIII até o século XV e eram a elite do povo, seu dever era de servir o imperador com total lealdade. A maior do samurai era o orgulho, pois era preferível morrer com honra a viver sem a mesma.
De inicio eles eram encarregados somente para cobrar e coletar os impostos da população, por isso era imprescindível que eles fossem fortes, mas  a parti do seculo X começaram até os deveres que conhecemos hoje em dia. Em suas lutas um samurai era ensinado para não hesitar, por isso ele era considerado um dos guerreiros mais letais da história.
Existem varias histórias de samurais que fazem parte da cultura japonesa.
Entre elas trouxe uma história muito interessante e que mostra a inteligencia de um samurai.

Presente de Insultos
Um grande samurai, já idoso, adorava ensinar sua filosofia para os jovens. Apesar de sua idade, corria a lenda que ele ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.

Certa tarde, um guerreiro conhecido por sua total falta de escrúpulos apareceu por ali. Era famoso por utilizar a técnica da provocação: esperava que seu adversário fizesse o primeiro movimento e contra-atacava com velocidade fulminante.
O jovem e impaciente guerreiro jamais havia perdido uma luta. E, conhecendo a reputação do velho samurai, estava ali para derrotá-lo, aumentando sua fama de vencedor.
Todos os estudantes manifestaram-se contra a ideia, mas o velho aceitou o desafio. Foram todos para a praça da cidade, e o jovem começou a insultar o velho mestre. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou todos os insultos conhecidos - ofendeu inclusive seus ancestrais.
Durante horas fez tudo para provocá-lo, mas o velho mestre permaneceu impassível. No final da tarde, sentindo-se já exausto e humilhado, o impetuoso guerreiro retirou- se.
Desapontados pelo fato do mestre ter aceito tantos insultos e provocações, os alunos perguntaram:
- Como o senhor pode suportar tanta indignidade ? Por que não usou sua espada, mesmo sabendo que podia perder a luta, ao invés de mostrar-se covarde diante de todos nós?
- Se alguém chega até você com um presente, e você não o aceita, a quem pertence o presente? - perguntou o velho samurai.
- A quem tentou entregá-lo - respondeu um dos discípulos.
- O mesmo vale para a inveja, a raiva, e os insultos - disse o mestre - Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carrega consigo.


Espero que tenham gostado!!
Beijus e até a próxima!!

2 Comentou m(._.)marigatou :

  1. Legal a estoria, eu curto muito samurais e sempre me lembro do samurai X que tem uma estoria linda e um fim triste demais :(

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sempre me lembro do samurai x...
      Comecei me interessar mais pela história real dos samurais por causa dele!!
      Beijus!

      Excluir

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos