Aiko - Akuma to Tenshi

Yamato                                          e                                          Usui
Eu imagino eles assim

Primeiro dia de aula - 1º cap

Me chamo Aiko Futaba, 16 anos. Sou pequena tenho 1,52 de altura, tenho os cabelos curtos cor de mel e os olhos castanhos claros, estou no 1º ano do colegial.  Meu primeiro dia como uma colegial e já estou atrasada.
-MANHEEEE! – gritei indo para o banheiro me arrumar o mais rápido possível.
- O que foi filha? –  pergunta minha mãe das escadas
- Por que não me acordou? -  Desci as escadas pulando de duas em duas.
- Mas eu te chamei umas quatrocentas vezes. – Diz ela me entregando o bentou
- AAH! To muito atrasada – passei por ela correndo pegando o bentou – Tchau mãe !
- Tenha um bom dia na escola! – Escuto ela gritando da porta de casa “Cara hoje é o meu primeiro dia, e isso já me acontece.”  Consegui entra para melhor escola do Japão. School Of Cherry Trees, ela tem esse nome por causa das cerejeiras que tem na entrada.  Ela é enorme, tem uma quadra de tênis, de basquete,de futebol, de vôlei e uma piscina, 4 prédios e uma Biblioteca e o melhor ela fica perto da minha casa. Escolhi essa escola não só por ser a melhor,  mas também por ter um teste para entra para banda da escola, que já tem 3 meninas. “ Tomara que eu chegue a tempo” ao vira a esquina para poder subir a rua da escola eu bato em algo.


- ITAIII! – estava correndo tão rápido que o choque me fez derruba a pessoa, e nós dois formos ao chão
- Qual foi o trambolho que bateu em mim? – a voz rouca disse
- Trambolho? – Levantei a cabeça para encara o idiota a minha frente. Ele tinha um rosto serio, os cabelos bagunçados  de um jeito – sou um cara mau, não se mete comigo- vestia o casaco da minha escola. “ Anjo caído?” Fui tirada dos meus devaneios.
- Ei! Pequinês, não ira se desculpa?  - Retiro o que eu disse, ele é um demônio FDM que fica zoando o tamanho das pessoas ISSO MAGOA! 
- Pequinês? “ Droga se eu ficar repetindo, ele vai me acha uma retardada” – Me levantando
- Já vi que é retardada. –“ Han? Seu filha da mãe, desgraçado. Agora você quer morrer” fechei meus punhos com força, pronta pra avança nele.
*Sinal da Escola*
- Você foi salvo pelo gongo, se não fosse o meu atraso. Você veria quem é retardada –  Passei por ele lhe dando um empurram e voltando a correr. “ Se o encontra de novo, eu juro irei MATA-LO!” Já dentro da escola fui direto para o auditório, que já se encontrava em silencio por causa da Diretora, que fazia um discurso de Boas Vindas.
- Espero que esse seja um ano ótimo ano, sem nenhum problema e sem muitos ATRASOS! – ela enfatizou bem essa ultima palavra, que eu tenho certeza que foi uma indireta pra mim, que entrava agachada. – Vocês iram encontra seus nomes e suas respectivas salas no mural, la no pátio. Sejam bem vindos mais uma vez e estão liberados. Todos saíram em direção ao pátio, o mural já estava tomado por uma multidão, como sou baixinha, fiquei dando uns pulinhos até desistir. Me afastei um pouco e vi uma brecha na multidão, fui engatinhando até o mural. Fiquei no prédio B Sala 2-B. Cheguei na sala rezando que tivesse um lugar perto da janela e para a minha alegria tinha, fui o mais rápido para o meu lugar. Enquanto eu me arrumava na cadeira escutei
-Nos vemos na hora do almoço para o teste da banda... Tomara que dessa vez de certo, só precisamos de uma baterista. –“ HEHE estão falando de mim”  Ta eu ainda não tinha feito o teste, mais sei  que vai ser eu. Já viu pessoa mais otimista? Vocês devem esta se perguntado, uma menina que toca bateria como protagonista? Isso mesmo cambada, toco bateria desdos dos oito anos. Aos sete eu vi um vídeo do melhor baterista do mundo Aquiles Priester . Me apaixonei literalmente e pedi uma bateria de presente de aniversario para minha mãe. O professor entrou na sala já colocando ordem na turma.
-Bom dia,  meu nome é Kazenaga Kei sou o professor responsável por essa turma. – Ajeitou os óculos, era magrelo e tinha a postura de um mordomo e a cara de nerd, todo engomadinho  ele pegou uma caixa – Gostaria que cada um se levantasse e falasse o seu nome, idade e pegasse um numero da urna pra decidir seus lugares fixos – “O QUÊ? NOOOOOO” vejo o meu lugarzinho batendo asas pra longe de mim. O professor aponta para a menina que tinha falado do teste da banda e pede para que ela comece.
- Olá meu nome é Mei Kosaywa, tenho 16 anos – ela mexe na urna que o professor falou –E eu sento na quinta mesa da primeira fila.
Tratei de decora o seu nome, já que vamos ser parceiras de banda “HÁ HÁ”. E assim foi uma a tas da outra, até chega a minha vez. Eu já estava me anunciando, quando aquele demônio que eu tinha trombado mais cedo entra na sala com a maior cara de pau do mundo.
-Gomene, eu estava na direção – falou como se estivesse nem ai, por ter chegado atrasado.
- Esta tudo bem, só peço que não se atrase mais. Por favor diga seu nome, sua idade e pegue um numero na urna. - Diz o professor
- Hum... Meu nome é Takishima Yamato, tenho 17 anos – mexe na urna e retira – Sento na ultima carteira encostada na janela – “Nooooooooooooo!” Além de me chatia hoje de manhã agora ficou com o meu lugar. Os deuses devem esta contra mim. O professor pegou o ultimo numero da urna e apontou pra mim.
-Err... Me chamo Aiko Futaba, tenho 16 anos. –  E o meu lugar é ao lado do traste, na segunda fila. Peguei as minhas coisas e fui me arrastando até lá.
-Vejam só, se não é a pequinês retardada – mandei um olhar maligno para ele, que logo me retribuiu com um sorriso de canto maligno. Acho que a sala toda sentia a áurea negra que estava entre a gente.
-Já que todos estão nos seus devidos lugares, irei fala algumas regras. É proibido celulares durante as aulas, conversas paralelas, saias muito curtas  ou uniformes incompletos, qualquer coisa do tipo, sem uma ótima justificativa, não assistira as aulas.- Depois desse discurso a aula rolou normalmente.
*Sinal para o intervalo*
Fui pega o meu bentou para poder comer, pois não sou nada sem comida, quando uma menina de óculos e cabelos compridos de cor de chocolate muito fofa se aproximou de mim.
- Ooi! Me chamo Misaki Kazehaya, vamos comer juntas?
- O-oi, me chamo Aiko Futaba. Hai! É ruim comer sozinha- Nos sentamos e começamos a fala de besteiras, até ouvirmos uns gritinhos históricos de algumas meninas que estava no corredor. E adivinha que era o motivo deles? Han han? Isso mesmo, aquele demoninho de cabelo ensebado. Ele parecia não gosta do que estava acontecendo, estava com a cara mais fria e sem reação.
-Ei! Misaki-chan, por que todo aquele alvoroço por causa dele? – Perguntei curiosa
- O Takishima? Ele é bastante popular entre as garotas, com o seu jeito meio frio de agir e sua cara de “Não mecham comigo, ou iram se da mau”. Ele joga tênis, mais por algum motivo ele parou. – Ooh o demônio é famoso.
-Hum...-Olhei para o relógio e quase engasguei ao ver a hora – AAH! Vou perde o teste. Misaki-chan te vejo mais tarde, agora vou fazer o teste para a banda da escola- Sai correndo
- Boa Sorte Aiko-chan! – Escutei ela falando quando sair da sala. Perguntei para algumas pessoas aonde ficava a sala do teste e fui ate a trás da escola, aonde se encontrava uma sala bastante peculiar. Bati na porta e entrei.
-Com licença, me chamo AikAAAAAAAAAAH!!!! – Alguem pulou em cima de mim. – Não me mate, prometo nunca mais extorquir meu irmão. – A luz se acendeu e então pude ver a pessoa que tinha pulado em cima de mim. Era uma menina de cabelos compridos e negros de franjinha, ela ria muito
- HaHaHa Vo-você é muito hilária – Diz ela em meio a risos
- Foi um susto em tanto em? – Uma outra menina parece, essa eu conhecia. Mei tem os cabelos cacheados  loiros bastante lindo e sedoso.
- Susto? Que susto ? Nem me assustei HeHe – falei meio sem graça
- Não ligue para Meiko, ela estava entediada. Por que ainda não pareceu ninguém para o teste – Mei disse um pouco triste – Você esta na minha sala néh? Você é a ... a...
- Aiko Futaba *sorriso*
- E o que atrás aqui? – Mei pergunta curiosa
- Eu vim para o teste para baterista – as duas se olham. E do nada Maiko vem me abraça
- Seja bem vinda *quase chorando* Você não sabe o quanto isso é importante para nós – HAHA, não disse que essa vaga era minha, nem precisei de fazer o teste. Elas enchergaram o meu dom.
- Você foi a única que veio para o teste. – Ela me separava da Maiko que já estava me sufocando.
- Por que? – Perguntei
- Porque somos novas aqui e essa ideia não foi muito aceita pelo conselho estudantil – Uma menina de cabelos vermelhos quase para o laranja e abaixo dos ombros, vinha em nossa direção.
- Aiko-chan essa é a Hikari Takanai  outra integrante da banda. – Hikari me olhou dos pés a cabeça.
- Ela é boa? – as meninas me olharam. “ Esta na hora do Show” avistei uma bateria ao fundo e andei ate ela, peguei as baquetas que estavam em cima do banquinho e sentei, respirei fundo, sacudi os ombros para relaxar. Olhei para elas, que estavam me encarando e fui... Toquei Tsumasaki da banda Ore Ska Band. Quando terminei  de da o meu pequeno showzinho, respirei fundo e perguntei
- E ai, o que acharam? – As meninas estavam serias e sem reação, me perguntei se toquei algumas nota errada. Me levantei e fui para frente delas – O que foi? Toquei tão ruim assim?
- Você é...- Mei começou
-Perfeita. – Hikari  terminou
- Você esta na banda! – Meiko gritou
- Kyaaaaaaa! – Eu e Meiko gritamos nos abraçando, enquanto Mei e Hikari discutiam algo.
- A banda esta completa, só precisa de um nome agora- Mei fala pensativa
- Ainda não temos um nome? – Perguntei já pensando em vários nomes
- Sim. Precisamos de um nome muito bom e que chame atenção – Hikari fala pensativa
- Que tal “Meninas fofas” ? – Meiko fala toda animada
Nos olhamos para ela – NÃOO! – Ela fez beicinho e se sentou do meu lado comendo chocolate, tadinha. Ficamos um bom tempo, discutindo sobre o nome da banda até que o sinal da aula tocou. Voltamos para sala. Sentei no mesmo lugar, aonde um lado tinha um demônio de cara feia e do outro lado tinha a Misaki. Sem perceber o sinal de ir embora tocou, ainda bem.
Eu e as meninas marcamos de nos encontra depois da aula. Enquanto eu me arrumava e andava ao mesmo tempo,  para ir de encontro a elas. Bati novamente em algo, já perceberam que eu sou bastante desastrada néh?
-ITAI! – Dessa vez não fui ao chão. Alguém tinha me pegado.
-Você esta bem? – Levantei a cabeça para ver quem era o dono daquela voz gentil. Ele era Loiro, de olhos azuis com o rosto bastante expressivo, um anjo *--*
- Err... E-estou. Gomene, sou muito desastrada – dei um sorriso bem tímido
- Não, esta tudo bem. Tenha cuidado da próxima vez, ok? – ele passa por mim dando um tapinha na minha cabeça *suspira*
- Ne ne – Misaki passa as mão na minha frente- Você esta babando RS
- Quem é ele? – perguntei limpando a baba
- Ele é Awaka Usui, mais um popular entre as garotas, ele é mais simpático que Takishima. Ele é o presidente do conselho estudantil – Tínhamos saído da escola, eu a convidei para ajuda a escolher um nome para banda . Encontramos as meninas na entrada da Escola
Continua....

Min'na preciso da ajuda de vocês. Me falem se tiver bom e se tiver ruim. 
Quero ouvir a opinião de vocês. 
kisuss
baibai

12 Comentou m(._.)marigatou :

  1. olá
    tens um desfaio no meu blog!

    animefofinho.blogspot.com

    bjito

    ResponderExcluir
  2. Ta muito bom Mitti . Parabens =[^.^]=

    ResponderExcluir
  3. Aaaaahh! Ficou muito bom Mih-chan,muito bom mesmo,sua fic é gostosa de ler e eu me encantei pelos personagens,eles são muito carismáticos,talvez essa seja a melhor do gênero comédia romântica que eu já li. Eu sei que ainda tá no primeiro capítulo,mas realmente adorei!

    Kissus e matta ne!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kyaaaaaaaaaaaa!! *pula que nem uma maluca* Q bom q otimo q gostou. Estou muito feliz que tenham gostado. vc não sabe o quanto eu estou animada agora.
      Muito obrigada *--*

      Excluir
  4. Olá! Tudo bem? ^^
    Sabe; simplesmente incrivel.... Eu li e ja fui imaginando como poderia ser o mangá e o animê... Tá muuuuuuuiiiiiitttooooo bom.

    Pretendo ser um Mangaká ( ainda falta muito pra ser um u.u kkk)e de vários roteiros que li esse ta sendo um dos meus favoritos. Parabéns.

    E ja saguei uma coisa na personalidade do Yamato e do Usui. hehehe...
    Ah! Sabia que o nome do meu violino é Aika? Pois é ^^

    Mudando de assunto um pouco... To desenhando a Gumi.. achei o estilo dela legal.
    Bom, é isso. Tchau tchau.

    ResponderExcluir
  5. Oiii Maku-san! Posso te chama assim néh?
    Muito obrigada com esse comentário, vc me animou muito.
    Domo Arigato n_n
    Isso é legal, se mangáka. Essa fic é só um experimento para mim. Mais é bom vc ter gostado n_n
    Vc tem um violino? Q legal *--*
    AA queria ver o desenho que você fez da Gumi *--*

    ResponderExcluir
  6. kk Pode sim. ^^

    Aguardo ansioso pelos próximos capítulos.

    Acabei de postar o desenho que fiz da Gumi no face(É apenas uma cópia desenhada por mim; mas logo pretendo fazer algo mais elaborado). Se quiser ver me adiciona. É só procurar por Carlos Keyti. Ficarei honrado com seu comentario lá ^^

    Bom; é isso... tchau tchau.

    ResponderExcluir
  7. Amei a fic *--* Tava louca esses dias procurando uma fic aí foi que lembrei que vi um post de uma fic aqui! Gostei muito,e consigo sim imaginar a protagonista do jeito daquela imagem(ficou perfeita *o* consigo pensar nela na forma chibi,kawaii *///*).E o protagonista é muito maneiro! *-*
    Quero ler mais >.<
    Ganbate ne!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Verônica-chan!
      Em breve eu trago a segunda parte ok?

      Excluir

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos